Queda de cabelo
Queda de Cabelo
TRATAMENTOS MÉDICOS:
  • Laser Er:YAG
  • Medicação Oral e/ou Medicação Tópica
  • Mesoterapia

A alopecia é o nome dado às falhas ou queda de cabelo. As causas podem ser várias, mas a mais comum é a alopecia androgenética. Pela influência de androgénios — hormonas masculinas — e com a sua redução, os folículos pilosos tornam-se mais pequenos e acabam por cair. Nos homens carateriza-se pelas “entradas”, na zona das fontes, e é seguida pela perda de cabelo no topo da cabeça. Nas mulheres, após a menopausa, verifica-se uma “abertura” na parte central da cabeça, que se vai alastrando para a parte periférica.

Como prevenir ou tratar a alopecia?

Para poder recomendar o tratamento mais adequado, na primeira consulta, a Dra. Sofia Borges analisa o histórico do paciente e tenta perceber o que é que este já fez para combater a queda de cabelo.

VER MAIS

Os tratamentos que podem ser feitos ajudam tanto na prevenção da queda de cabelo como na estimulação do seu crescimento onde já existe pêlo. Há várias possibilidades, que poderão ser mais ou menos eficazes de paciente para paciente.

As opções vão desde os tratamentos tópicos ao LASER Er:YAG, passando pela terapêutica oral e pela mesoterapia — introdução dos estimuladores do crescimento do folículo piloso através de microinjeções no couro cabeludo —, podendo ser adequado combinar mais do que uma solução.

Sobretudo para pacientes que não apresentam resultados com tratamentos tópicos, não pretendam a terapêutica oral, ou queiram resultados mais rápidos, o LASER Er:YAG pode ser uma mais-valia. Muitas vezes, a combinação do LASER com produtos tópicos — ajustados a cada paciente — são a melhor solução.

A estimulação do folículo piloso por parte do LASER é realizada através do aquecimento que este gera, sem qualquer intuito de ablação, ou seja, atinge o folículo piloso em camadas mais profundas da pele sem agredir as camadas mais superficiais e, por isso, não provoca descamação.

Os melhores especialistas
para o seu tratamento

“Mais do que um sinal de beleza, uma pele jovem e rejuvenescida é o espelho de bem-estar interno e equilíbrio. É neste sentido que acredito que os cuidados e tratamentos cutâneos vão além do tratamento de patologias. ” Dra. Sofia Borges – Médica Dermatologista

venha Conhecer-me
Crédito até 24 Meses 0% juros.
Exemplo para um financiamento de 3600€ a 24 meses, com mensalidade de 150€
PERGUNTAS FREQUENTES
As mulheres também podem fazer este tratamento?

Tal como os homens, as mulheres também sofrem de queda de cabelo. Portanto, também podem realizar o tratamento.

O tratamento com LASER Er:YAG é definitivo ou tem de ser feito com regularidade?

A causa fundamental da queda de cabelo é a ação hormonal, pelo que qualquer tratamento permitirá apenas a recuperação durante o tratamento, sendo necessário terapêutica de manutenção, mesmo que de forma mais espaçada, para evitar nova perda de cabelo.

Existem contraindicações na gravidez?

O LASER Er:YAG não está contraindicado na gravidez, mas a probabilidade de a queda de cabelo ocorrer é reduzida, já que nesta fase da vida predominam no organismo da mulher as hormonas femininas (estrogénios), que equilibram as hormonas masculinas (androgénios). Ainda assim, a perda de cabelo pode ocorrer, essencialmente, cerca de 3 meses após o parto, a que se chama o deflúvio telogénico — queda de cabelo difusa que se deve a estímulos que alteram o ciclo de crescimento e renovação do cabelo, como o parto ou alterações hormonais.

O tratamento é doloroso?

O tratamento com LASER Er:YAG gera apenas um pouco de desconforto, mas não é doloroso.

Os resultados podem variar de pessoa para pessoa.

No blog MyMoment

Os resultados podem variar de pessoa para pessoa.

No blog MyMoment